Amanda Costa

Astrologia Poética

Drops Astrais

Mapa astral: o que significa:
06/10/2017

O mapa astral é o levantamento das posições dos astros em um determinado momento e lugar do planeta Terra. Sua representação gráfica é feita em um círculo, reproduzindo a localização dos planetas, do Sol e da Lua, movendo-se ao longo da faixa zodiacal, do ponto de vista da Terra.
Mapa astral é a denominação mais popular do mapa astrológico, que também é designado por radical e horóscopo, este último mais usado pelos astrólogos e que expressa melhor o significado do termo. A palavra horóscopo tem sua origem no grego horóskopos, “ver a hora”. Em um horóscopo, vemos como estava o céu naquela hora. Os termos carta natal e mapa natal também se referem a esta ferramenta astrológica.
Os posicionamentos astrais compõem um padrão comum com um evento que ocorre simultaneamente na Terra: o nascimento de um bebê ou outro ser vivo, a fundação de uma cidade, uma conferência, um terremoto, um encontro amoroso, a assinatura de um contrato, uma partida de futebol etc. Este padrão reflete uma relação íntima e indissociável, representada no mapa astrológico por meio de imagens simbólicas que reproduzem princípios universais. Na Terra ou no céu, o mesmo princípio.
Cada um é único nesse vasto Universo, uno em sua diversidade. Na diversidade dos seres, cada um tem uma impressão própria e particular – a estrutura do DNA é prova disso. A carta natal e os processos com que opera, através dos ciclos planetários, também é assim: é pessoal e intransferível, é só seu.

A principal função da Astrologia é contribuir para o autoconhecimento. Através da observação do movimento dos astros e sua inter-relação com nosso movimento individual, podemos compreender como se dá o nosso processo de desenvolvimento e integração pessoal.
Com o estudo do mapa astrológico e de outros cálculos aplicados a ele, tais como trânsitos, direções, progressões e revoluções, é possível identificar o conjunto de nossos potenciais, nossas qualidades mais positivas, descobrir chaves para transformar as áreas de dificuldade, assim como as etapas e fases em que os processos ocorrem na linha de tempo, desde ciclos diários até ciclos mais amplos.
Além de conhecer a nós mesmos através da Astrologia e do mapa astral, é possível conhecer também o mundo que nos rodeia e as outras pessoas, entendendo o mecanismo e as forças que operam sobre todas as coisas. Pode-se fazer mapas astrológicos de relacionamento (amoroso, familiar, amizade, profissional), de nações, cidades, empresas, viagens, inauguração de um ponto comercial, assinatura de documentos, empreendimentos diversos, enfim, de qualquer situação que ocorra no planeta Terra.

SE DESEJAR FAZER SEU MAPA ASTRAL, LEIA O ITEM "CONSULTAS"