Amanda Costa

Astrologia Poética

Céu da Semana



Visível ou invisível, físico ou metafísico, onda ou partícula, tudo verso e prosa desse sonho único que se sonha em nós.

A Lua prossegue sua energia de Nova, gradiente de linha fina que aos poucos fende o céu e faz sorrir o olhar.

Depois de tocar o fundo no ciclo escorpiano, mais forte e renascido, o salto mais alto. Seta veloz a cruzar o firmamento, o Sol ingressa em Sagitário em 22/11 à 1h04min (hverão), avivando o contato com o coração da galáxia, unindo o humano e o divino. Empunha a tocha do espírito e da vontade, alumia distâncias, aviva avanços e insights, recorda nossa essência estelar. Forças do elemento Fogo, chama viva que desperta para o que transcende os sentidos, além dos limites da materialidade. O pensamento do mundo, a universalidade dos símbolos além do tempo e do espaço, o que todos sabemos e que com a gente vem.

A luz ilumina, o ver vem de querer.

*****Acompanhe diariamente o movimento dos astros na coluna "Astros em Trânsito" *****