Amanda Costa

Astrologia Poética

Céu da Semana



O #Sol transita no arco de #Gêmeos até 21/6, trazendo os ventos de novas ideias. No círculo zodiacal, representa a fase evolutiva de reconhecimento, de interação com o ambiente e as pessoas através do pensamento, da palavra, da comunicação e do movimento. Signo de elemento #Ar, irmandade a plenos pulmões, Ar que nos une e faz iguais. Vento que abre as portas do templo, ilumina os dois hemisférios cerebrais e promove acessos a outras trilhas e conversas. Inalar, exalar, respiração da vida. Tudo se move, ilimitadas possibilidades se dão a conhecer. Representação explícita da dualidade que há em todos nós, o simbolismo dos gêmeos sempre figurou em todas as culturas e mitologias, em todas as épocas. Irmão, o outro em si, o igual mesmo diferente, o mesmo sendo outro e o avesso do avesso. Trocar o Ar, respirar, vento que varre areias, nuvens e folhas. Vento que percorre nossas vias e veios. Vai-se a ilusão do limite e da individualidade: jogo de espelhos na galeria de infinitos filmes, fotogramas em acelerada pulsação. Não estamos sozinhos no palco. Trocar o Ar, respirar, vento que faz vibrar as cordas das palavras e acelera pensamentos. Bate portas, abre janelas, sacode letargias. Anima as comunicações e interações, propõe troca de ideias e de conhecimento, telepatias & teletransportes. Sol do movimento, viajante da eternidade, dos mundos visíveis e invisíveis.

#Vênus se move leve pelo Ar de #Gêmeos de 8/6 a 3/7, trazendo novos ventos para nossos amores, conversas e poemas. Chama para brincar, brindar o afeto das afinidades, a alquímica atração dos semelhantes e princípio de toda simpatia, rima e afinação, manha da magia. Ela, que não perde a festa, faz sua dança com desenvoltura, promovendo aproximações, diálogos & abracadabras. Propõe interações, intercâmbios e comunicação em vários níveis, movimentos animados pelo elemento #Ar, ballet da respiração. Palavras mágicas como mote, mantra e pedra de toque, canção em verso e prosa. No carinho embalando para devanear, contar histórias, ouvir estrelasssss...

#Mercúrio, já satisfeito de ventos & voos de Gêmeos, tecerá outras dialéticas no signo de #Câncer, rimando as palavras com os versos da alma. Neste signo de elemento #Água onde transita de 4 a 26/6, tudo é pretexto para revelar outros nomes das coisas. Com o pensamento afeito aos assuntos lunares e o dom de fluir, multiplica vias de reflexão, movimenta espelhos e percorre veredas, fontes murmurantes. Acessa recônditos, revira baús, descobre tesouros perdidos e recria pérolas esquecidas. Nos entretextos da linha d'água, Hermes-Mercúrio, o mensageiro dos três mundos, anima a ponte com a inteligência sensível, percepções outras além dos sentidos, líquidos insights. Nas ondas em que o barqueiro entoa suas loas, se saberá talvez mais sábio, experimentando o sabor das origens, memórias celulares. Re-flexão, flexionar nova-mente. Reflexão, gota d'água contemplando a si e seu entorno, êxtase da luz.

Em seu ciclo de dois anos, #Marte, o guerreiro interior, retorna a #Câncer, onde transita de 16/5 a 1/7. Mais uma vez e mais tantas pelo mesmo ponto do círculo, mas outra é a escala. Tudo novo de novo, iniciar, reiniciar, onda que vai e onda que vem, em rede nós todos conectados, holograma da galáxia DNA. Neste signo de elemento #Água, o planeta da ação e do dinamismo se move com passos cautelosos, porém decididos, empenho para construir castelos, reunir as contas do colar com empenho amoroso. Água constante e dedicada que vence desafios arredondando as pedras. Grão a grão, faz o sonho do real. Ação e sentimento, irmanados, dão sentido à estrada que sai de nós, vida espiral. Um passo, outro passo, andamento de corações que se abraçam e se nutrem. Vida que se refaz da vida, trabalho incessante.

*****Acompanhe diariamente o movimento dos astros na coluna "Astros em Trânsito" *****